Massacre de Orlando: Doações de sangue em massa com limitações homossexuais

Centenas de pessoas lotaram nas últimas horas os depósitos dos centros de recolha de sangue em Orlando, nos Estados Unidos, em reação ao trágico massacre de sábado à noite numa discoteca desta cidade da Florida. 

Ainda assim, alguns homossexuais assumidos terão sido impedidos de doar sangue, o que gerou uma polémica de alegada discriminação por orientação sexual.

Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019