Abuso: Ministério Público Eleitoral investiga jantares de João Doria Jr

MP Eleitoral recebeu denúncias de que o pré-candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo teria feito eventos proibidos em ano eleitoral

Ministério Público Eleitoralabriu um procedimento para apurar se o pré-candidato do PSDBà Prefeitura de São Paulo João Doria Jr. teria se beneficiado de jantares promovidos por empresas e feito propaganda eleitoral antecipada.

Os procedimentos preparatórios eleitorais foram abertos a partir de denúncias recebidas pelo MP Eleitoral com base em convites para dois eventos promovidos por "amigos de João Doria" nos quais aparecem telefones e endereços de e-mails de empresas para que os convidados confirmem a presença.

Além de ser proibida a doação ou qualquer tipo de financiamento de empresas para políticos e partidos, a legislação eleitoral proíbe que pré-candidatos realizem eventos políticos que não sejam financiados pelo próprio partido.

Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019