Onde anda mesmo a oposição? Com topete alto Aécio Neves pede arrego e PSDB propõe Pauta conjunta no Senado

A presidente Dilma não tem hoje autoridade e credibilidade, pelas mentiras infinitas que lançou ao Brasil inteiro, de dialogar com as oposições", diz Aécio Neves. 

 Em entrevista nesta terça-feira (16/02), após reunião para definição de uma pauta conjunta no Senado, o presidente nacional do PSDB disse que as propostas de interesse do governo devem ser apresentadas ao Congresso, e não aos partidos de oposição. 

Ele garantiu que o PSDB inicia o ano legislativo vigoroso na fiscalização e no combate aos erros do governo do PT e reiterou que os tucanos votarão contra a volta da cobrança da CPMF.

"Não há alteração de um milímetro sequer na posição do PSDB. 

Continuaremos a combater com todo vigor esse governo que levou o Brasil à mais grave crise econômica e social da nossa história contemporânea, continuaremos apoiando a fundo as investigações da Operação Lava Jato e discutiremos sim as propostas que venham do governo desde que venham com apoio do PT e da base do governo", afirmou o presidente nacional do PSDB sobre a pauta de projetos que as oposições e a base do governo se preparam para votar no Senado.

Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019