Estados Unidos admitem ter bombardeado acidentalmente um hospital dos MSF

Os Estados Unidos admitem ser responsáveis pelo bombardeamento que acabou por atingir um hospital dos Médicos Sem Fronteiras (MSF), em Kunduz, no norte do Afeganistão. 
 O ataque aéreo da última noite matou pelo menos três membros do pessoal dos Médicos Sem Fronteiras. 
Mais de 30 pessoas estão dadas como desaparecidas. LEIA MAIS: http://pt.euronews.com 


Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019