Vaccari, tesoureiro do PT, é preso na Lava Jato



O tesoureiro nacional do PT, João Vaccari Neto, foi preso hoje em São Paulo, e levado para Curitiba, na décima-segunda fase da operação lava jato, da polícia federal, iniciada há pouco mais de um ano.

 Vaccari é réu no processo, acusado de corrupção, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha. E se manteve no cargo mesmo depois que a denúncia contra ele foi aceita pela justiça.
Repórter: Vinicius Marra.

Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019