Enquanto isso em Hamburgo: Jornal alemão que republicou charges do ‘Charlie Hebdo’ é incendiado

Há quem quer tirar proveito dos atos de terrorismo em Paris. Há também quem quer apenas ser solidário aos profissionais mortos pelo atentado da última terça feira. Em ambos os casos aqueles que se aventuram por uma ou outra linha, correm o risco de se deparar com alguns loucos fundamenta listas, que podem não ter o discernimento de entender o momento.

O jornal alemão “Hamburger Morgenpost” teve seu prédio atacado e foi alvo de incendiários na madrugada deste domingo. O diário da cidade de Hamburgo, Norte do país, como muitos jornais alemães, republicou algumas das charges do semanário francês “Charlie Hebdo” após o atentado terrorista que deixou 12 pessoas mortas na última quarta-feira.

Segundo a polícia alemã, uma bomba incendiária foi lançada por uma janela do prédio, ateando fogo em arquivos de documentos. Logo após, dois suspeitos foram detidos próximos ao local por estarem se comportando “de maneira suspeita”.
Jornal alemão que republicou charges do ‘Charlie Hebdo’ é incendiado



Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019