Petrobrás corre o risco de perder 'grau de investimento'

 Tudo vai depender da capacidade do Tesouro Nacional de apoiar a estatal caso ela tenha dificuldade de arcar com compromissos financeiros e de captar recursos no exterior que garantam a continuidade do pesado plano de investimentos para os próximos anos.

A agência enxerga dois riscos para a empresa. Primeiro, o de não conseguir atender às exigências impostas pela auditora financeira PricewaterhouseCoopers (PwC)e, com isso, perder a confiança dos investidores e liquidez. O segundo é de, ao mesmo tempo, a União, principal acionista da estatal, ter dificuldade de acesso a recursos do mercado. 
Petrobrás corre o risco de perder 'grau de investimento' - Economia - Estadão

Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019