UFC reprova declarações de Matt Brown e Ronda Rousey ironiza: 'Quem é ele?'

Se sentindo ofendida, a campeã do peso galo feminino, Ronda Rousey, também se manifestou, mas com um misto de desprezo e ironia, deixando transparecer que não sabia de quem se tratava.

Matt Brown gravou um podcast criticando o MMA feminino, afirmando que as mulheres deveriam, no mínimo, lutar de topless, já que os fãs não veriam nocaute e ainda pagariam caro pelo pay-per-view. “Eu sempre disse: 'não sei por que eles colocam mulheres no UFC'. Agora eu sei por que. Eu só acho que se eu for pagar 60 dólares em um pay-per-view para ver mulheres lutando, elas deveriam, pelo menos, estar de topless", disse o ‘Imortal’, como é chamado.

O UFC divulgou nota recriminando a declaração de Matt Brown. No comunicado, a organização presidida por Dana White, que costuma criticar e até punir atletas envolvidos em polêmicas, condenou qualquer prática de preconceito envolvendo o MMA feminino.
Leia mais: UFC reprova declarações de Matt Brown e Ronda Rousey ironiza: 'Quem é ele?' - MMA - Superesportes

Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019