Má conservação de calçadas é responsável por 20% de quedas atendidas em hospital

As calçadas por onde andamos, que muitas vezes passam despercebidas, são verdadeiras armadilhas. O diretor-clínico do Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas de São Paulo, Jorge dos Santos Silva, afirma que a cada cinco vítimas de queda atendidas na unidade, uma se machucou por causa das condições das calçadas. E se engana quem pensa que só os idosos caem.


“A maioria dos pacientes estava na faixa de 35 a 50 anos. São adultos que têm bom equilíbrio e não enfrentam grandes limitações, como problemas de visão”, afirma Jorge.


Em São Paulo, a responsabilidade pela construção, conservação, reforma e manutenção dos passeios é do proprietário ou de quem aluga o imóvel. À prefeitura, cabe a fiscalização. O problema é que são apenas 700 agentes para fiscalizar mais de 33 mil quilômetros de calçadas. Resultado: vias com buracos, degraus, rachaduras e acidentes.

Leia mais: CBN - São Paulo - Má conservação de calçadas é responsável por 20% de quedas atendidas em hospital de SP

Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019