Jogos Olímpicos de Sochi terão área determinada para a realização de manifestações

Uma cidade a 12 quilômetros das instalações das Olimpíadas e Paraolimpíadas de Inverno de Sochi será o lugar da chamada “zona de protestos” durante os Jogos, segundo informou neste fim de semana o Vice-Primeiro-Ministro Dmitry Kozak. 

Um parque na pequena localidade costeira de Khosta vai servir de cenário para as manifestações a serem aprovadas pela polícia e os serviços de segurança nos meses de fevereiro e março, quando estarão sendo realizadas as competições olímpicas. 

A cidade de Khosta, com cerca de 20 mil habitantes, foi escolhida para palco das manifestações de protesto depois que o Presidente Vladimir Putin suspendeu as restrições à realização de movimentos de protesto, ordenando a determinação de lugares previamente aprovados. 

Em Khosta, à beira da estrada que liga Sochi ao Parque Olímpico, “as pessoas poderão expressar livremente as suas opiniões sem prejudicar os direitos dos outros cidadãos e sem perturbar o andamento dos Jogos”, afirmou Dmitry Kozak. 

O ouvidor de direitos humanos da Rússia, Vladimir Lukin, defendeu a escolha de Khosta para as manifestações, destacando a facilidade de acesso à pequena cidade. 

As autoridades russas adotaram severas medidas de segurança para Sochi, e o aparato policial e militar já está em operação. 

Os Jogos Olímpicos de Inverno de 2014 terão início em 7 de fevereiro.
Leia mais: Diário da Rússia - Esportes - Jogos Olímpicos de Sochi terão área para a realização de manifestações

Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019