Ronaldinho revela a jogadores do Grêmio vontade de retornar ao clube

Abre o olho Kalil, o Flamengo tomou um chapéu do craque e seu da mesma forma, por um princípio de insatisfação. O amor virou ódio. Poderia virar paixão novamente? A relação entre Grêmio e Ronaldinho ganhou novo capítulo após o domingo, na vitória do Atlético-MG, na Arena, pelo Brasileirão. Em sua estreia no novo estádio do clube que o revelou, o camisa 10 confidenciou a jogadores tricolores a vontade de retornar ao lugar onde tudo começou, de olho no encerramento da carreira. Um desejo que, por ora, não indica nenhuma ação do presidente Fábio Koff. O dirigente adota a cautela e repassa a decisão de levar o assunto adiante à torcida.
Nas duas vezes anteriores em que enfrentou o Grêmio (Flamengo, em 2011, e Galo, em 2012), R10 havia adotado comportamento de indiferença. Algo bem diferente do domingo, quando ignorou o repúdio da torcida. Se sentiu tão à vontade que conversou com Kleber antes de iniciar a preparação para o jogo. E, ao final, logo ao chegar à zona mista da Arena, no trajeto até o vestiário visitante, tratou de parar para dar entrevistas e conversou com os atletas gremistas Dida, Zé Roberto e Guilherme Biteco. Tudo confirmado pela reportagem do GLOBOESPORTE.COM.
Leia mais: Ronaldinho revela a jogadores do Grêmio vontade de retornar ao clube | globoesporte.com

Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019