Agentes confirmam ameaças de Bruno a detentos por causa de mulher via @Reinaldo_Cruz #QuestãoBrasil

O ex-goleiro Bruno Fernandes na cadeia
O goleiro Bruno Fernandes negou ter ameaçado dois detentos na penitenciária Nelson Hungria em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. O preso foi ouvido na tarde desta quinta-feira (1º) pelo juiz Wagner Cavalieri, da Vara de Execuções, em uma audiência de justificação.

Dois agentes penitenciários, no entanto, afirmaram que o goleiro ameaçou os colegas ao ouvir comentários sobre sua mulher, a dentista Ingrid Calheiros.

O conteúdo dos depoimentos não foi divulgado. O juiz dispensou os dois presos supostamente ameaçados de prestar depoimento e ouviu os dois funcionários, além do goleiro. A audiência durou duas horas e terminou às 15h.
Leia mais: Agentes confirmam ameaças de Bruno a detentos por causa de mulher - Notícias - R7 Minas Gerais

Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019