Adutora se rompe e mata uma criança no Rio de Janeiro via @Reinaldo_Cruz #QuestãoBrasil

Enchentes naturais atormentam o Rio, mas a de hoje foi obra dos homens
Uma adutora de grande porte se rompeu por volta das 6h desta terça-feira na estrada do Mendanha, em Campo Grande, na zona oeste do Rio de Janeiro. A força da água destruiu casas e veículos e provocou a morte de Isabela Severo da Silva, três anos.

A criança engoliu muita água e chegou a receber massagem cardíaca dos bombeiros que a socorreram. Ela foi encaminhada com parada cardiorrespiratória para o Hospital Rocha Faria, no mesmo bairro, mas morreu às 8h25.

Segundo o Corpo de Bombeiros, outras 15 pessoas ficaram feridas. Nove foram encaminhadas para o Hospital Rocha Faria e seis atendidas e liberadas no local. "Provavelmente não tem mais ninguém lá", disse o capitão Everton.

Equipes dos quartéis de Campo Grande e do Distrito Industrial estão na região auxiliando os atingidos com botes e helicóptero. De acordo com os bombeiros, o jato d'água chegou a atingir 20 metros de altura. Um balanço parcial da corporação informou que 16 casas foram atingidas e outras 17 desabaram. Além disso, há em torno de 72 desabrigados e 70 desalojados.

A inundação segundo moradores, chegou a dois metros de altura.
Leia Mais: Adutora se rompe e mata uma criança no Rio de Janeiro - Terra Brasil

Comentários

Questão Brasil - 09/04/2019